Filosofia

>> Sentido da Vida >> Verdade >> Razão >> Religião

Idiossincrasia

>> Politicamente Incorreto >> Máximas Kaduzianas >>

Mixórdia

>> Tudo o que não se encaixa nos demais temas deste blog

Poesia

>> Poesias que rabisquei ao longo da vida

Tecnologia

>> Tendências >> Google >> Gadgets >> Informática

Home » Idiossincrasia

McDonald’s X Natureza

Postado por , segunda-feira, 10 de novembro de 20085 Comentários

A natureza tem muito a aprender com o McDonald’s

Falta padrão de qualidade aos seus produtos. A banana que acabei de comer não tem o mesmo gosto da que comi horas atrás. A textura, a consistência, o tamanho também não são os mesmos. Ambas são do mesmo cacho e ainda assim produzem experiencias completamente distintas no mesmo consumidor. Agora, experimente comer um Chedar McMelt no Amapá. Garanto, o sabor será exatamente o mesmo do Chedar McMelt que você comeu em Porto Alegre dois anos atrás.

Em resumo: a natureza parece o Bob’s. Até tem alguns produtos interessantes, mas o sabor varia tanto de uma loja para outra – já experimentei Ovomaltines intragáveis – que é preciso coragem para dar a primeira dentada. Se fosse uma multinacional, jamais alcançaria a certificação de qualidade ISO 9000.

PS: noves fora, o mix de produtos do McDonald’s é muito superior. Ou você acha que dá para comparar uma jabuticaba com o sunday de chocolate, um prato de rúcula com o quarteirão com queijo?

Popularity: 1% [?]

5 Comentários »

  • Ana Rita Martins disse:

    Com certeza não… Mas em tudo há suas vantagens e desvantagens. Já viu Supersize me? Pois é… A saúde agradece a natureza e não é muito chegada no Mc Donald’s. Nem a boa forma. Então, pra tentar burlar e negociar com o anjo e o diabo, eu procuro comer dos dois. Mas confesso que meu lado de comer pelo prazer ainda fala mais alto. Por isso q eu gasto no mínimo R$100 todo mês no Mc!

    Uma resposta:
    Gastar mensalmente 100 reais no McDonald já é uma média considerável. Dá mais ou menos 12 Chedar por mês, um a cada três dias.
    Vi Supersize me. Bullshit! Documentário maniqueísta com pretensão científica, mas sem o rigor necessário. Tenho até vontade de repetir a experiência, só que seguindo uma metodologia consistente e não direcionada. Quando morei nos Estados Unidos passei um ano almoçando no McDonald e jantando no Burger King. Uma delícia! Voltei tão saudável quanto fui, sem nem um quilinho a mais. Basta malhar.

  • anna cecilia disse:

    amo suas máximas e carrego-as comigo…rsrsrs…adoro vc poeta e pensador. Bjus, anninha

  • Lorena Verli disse:

    Kadu, sou obrigada a discordar… ano passado, durante uma viagem pela Bolívia e pelo Peru, a coisa que mais queria era encontrar o McDonalds para saciar a minha vontade de comer algo “bom”. Ao chegar em Lima, descobri um Mc e fui, sedenta, comer um Mcnífico… Me decepcionei… O gosto não era o mesmo do brasileiro. E olha que eu estava com desejo de comer Mc tinha mais de quinze dias… nem assim aquilo desceu. Ou seja, Mc é tudo igual sim, quando se está no primeiro mundo (ahuahuahau) ou em um país minimamente desenvolvido. No resto é resto.

    Uma resposta:
    Lorena, querida, me compadeço da sua decepção. Surpreendo-me também. Já comi Big Mc em cada fim de mundo e sempre encontrei um gosto muito parecido com o que eu estou acostumado. De qualquer modo, vale o alerta: “nada de McDonalds no Peru”. Obrigado pela informação. Beijos, Kadu

  • felippe disse:

    tem q ser muito pelego pra gostar de mcdonalds…

  • LuizJogos disse:

    Ola amigo! Nao sou de ficar fazendo comentario, mas eu queria parabeniza-lo pelo otimo site que voce tem! Continue com esse otimo trabalho!

Deixe o seu comentário!

Escreva o seu comentário, ou trackback do seu próprio site. Você também pode se inscrever via RSS.

Enfim, fique à vontade. Sinta-se em casa e dê a sua opinião sobre este texto. Mas, 'pelamordedeus' nada de spam!

Se quiser, você pode usar estas tags no seu cometário:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Este blog permite Gravatar. Para Conseguir seu próprio avatar, registre-se em Gravatar.

</div>